1.Continuidade da Greve, com nova assembleia na terça-feira, 21/6, às 16h, no Auditório da Geografia; 
 
2. Realização de Assembleias Setoriais nas unidades, cujas pautas deverão incluir:
  • Avaliação do movimento, balanço da greve, perspectivas para a continuidade da luta no 2º semestre;
  • Cotas ( devemos deliberar sobre o tema na próxima semana);

3. Participação nas atividades aprovadas para a próxima semana (ver Agenda de Mobilização);

4. Moção de Repúdio à atitude da Reitoria de não receber os docentes na terça-feira, 14/6.

A assembleia decidiu ainda encaminhar à Diretoria e à Comissão de Mobilização as seguintes sugestões:

1. Organizar visitas a escolas públicas para divulgar o caráter público e gratuito da USP;

2. Acompanhar as pautas das próximas reuniões do Co, incentivando as discussões sobre temas de interesse dos docentes;

3. Organizar com urgência debate sobre tetos para orçamento, que devem atingir diretamente as verbas para a Educação;

4. Elaborar, em conjunto com DCE e Sintusp, um manifesto reivindicando negociações já, em torno de uma pauta mínima comum às três entidades.