A Reitoria da USP confirmou para a Diretoria da Adusp que o aumento concedido no Vale Alimentação (VA) dos funcionários técnico-administrativos, de R$ 690,00 para R$ 830,00 mensais, beneficiará também os docentes. “Sim, a proposta do reajuste no valor mensal do VA é extensiva aos docentes”, declarou o chefe de Gabinete, professor Gerson Tomanari. A Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP) ainda vai se pronunciar a respeito, acrescentou Tomanari: “O professor Vahan enviou a proposta para a COP e irá defendê-la”.

O aumento no valor do VA é um dos itens da Pauta de Reivindicações apresentada pelo Fórum das Seis ao Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), nos seguintes termos: “Isonomia de políticas e equiparação entre os valores pagos a título de ‘benefícios’ (auxílio alimentação, auxílio refeição etc.) na Unesp, Unicamp, USP e no Ceeteps, com sua incorporação aos salários”.

Ao negociar com o Sintusp a pauta específica de reivindicações dos funcionários técnico-administrativos, no dia 21/6, a Reitoria da USP concordou em conceder um aumento de R$ 140,00 no VA, elevando o valor desse benefício para R$ 830,00. Este foi um dos itens mais importantes do acordo firmado entre o reitor Vahan Agopyan e o Sintusp, que levou a categoria a suspender a greve, na assembleia realizada em 22/6.