Diretor da Escola de Educação Física e Esportes que dará aulas em curso pago agendado para 2020 cujo coordenador é o docente condenado pela 15a Vara da Fazenda Pública alega que não foi notificado oficialmente e que a exoneração cabe à Reitoria

Embora uma sentença da 15a Vara da Fazenda Pública, de 22/4/2019, determine a perda do seu cargo, o professor titular Antonio Herbert Lancha Jr., da Escola de Educação Física e Esportes (EEFE), lecionou normalmente na unidade até o fim do primeiro semestre. Além disso, a participação do professor é anunciada em atividades remuneradas que serão oferecidas pela EEFE no segundo semestre de 2019 e até mesmo no primeiro semestre de 2020, como o curso de especialização “Coaching de Bem Estar de Saúde”, cujo coordenador é o próprio Lancha.

“Nós não fomos oficialmente notificados da decisão nem pelo Poder Judiciário, nem pela Reitoria. Então não há novidade”, declarou o professor Júlio Cerca Serrão, diretor da EEFE, em 12/7, quando questionado pelo Informativo Adusp a respeito do não cumprimento da sentença judicial. “A gente precisa ser notificado pela Reitoria. É o reitor que determina o afastamento”, alegou. Apesar disso, ele admitiu ter tomado conhecimento da decisão.

Além da perda do cargo, por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito relacionados ao uso indevido de um equipamento “Bod Pod” pertencente à USP, Lancha Jr. foi condenado pelo juiz Kenichi Koyama à perda dos direitos políticos por nove anos, e ao pagamento de multa e indenização. O autor da ação foi o Ministério Público (MPE-SP).

Uma particularidade do curso “Coaching de Bem Estar de Saúde” é que o vice-coordenador (e um dos docentes anunciados) é o próprio diretor Serrão. A especialização está prevista para o período de 15/2/2020 a 21/8/2021, com 400 horas-aula, subentendendo-se que seus responsáveis não temem o afastamento de Lancha. Embora sediada nas instalações da EEFE, ela custará aos interessados 19 parcelas de R$ 570, o que totaliza R$ 10.830 por pessoa, além da matrícula de R$ 150.

Lancha também coordena o “I Meeting de Suplementação Nutricional, Desempenho e Sistema Imune”, que será realizado na EEFE nos dias 21 e 22/9/2019, e cuja inscrição custa R$ 150.

Consultada pelo Informativo Adusp a respeito das declarações do diretor da EEFE, a Reitoria ainda não se manifestou.