Professoras aposentadas continuam filiadas

A professora aposentada Anna Mae Barbosa

“A Adusp é uma grande conquista dos professores, que merece nosso respeito”. Esta é a principal razão apresentada pela professora Anna Mae Barbosa, para, mesmo aposentada, continuar filiada à Adusp. Anna Mae lecionou na Escola de Comunicações e Artes (ECA) e dirigiu o Museu de Arte Contemporânea (MAC).

Além da história da entidade, a professora cita ainda duas razões, “uma ideológica e uma de qualidade”. A razão “ideológica” é que “todo mundo deve estar filiado ao sindicato da sua categoria”. A de “qualidade” é que, na avaliação de Anna Mae, “a Adusp e sua diretoria sempre operam com cuidado, clareza e dignidade para proteger a Universidade de São Paulo, que eu ainda considero a mais importante do país”. A professora acrescenta que tem “certeza de que se acontecer alguma injustiça com os professores aposentados, a Adusp estará presente para defendê-los”.

A defesa dos professores aposentados também motiva a professora Maria Otília Bocchini, do Departamento de Jornalismo e Editoração, a continuar filiada à entidade. Para ela, a Adusp “é uma organização sindical bastante ativa, mantém lutas por vários tipos de direitos que me dizem respeito como aposentada, e também publicações que me interessam”. Apesar de aposentada, Maria Otília continua em atividade na graduação e na pós-graduação da ECA.

 

Matéria publicada no Informativo nº 250