As Fundações, ditas "de apoio", são organismos privados que ao longo dos últimos anos disseminaram-se de forma ampla e preocupante, no âmbito das instituições públicas de ensino superior. A Adusp tem desenvolvido um intenso trabalho de pesquisa e análise destes organismos na Universidade de São Paulo, o que nos permitiu constatar que elas têm representado a privatização de atividades de ensino, pesquisa e extensão em uma instituição estritamente pública.

Este caderno sintetiza as informações, análises políticas e aspectos jurídicos que temos acumulado, bem como a nossa proposta de reversão deste particular mecanismo de privatização da universidade. Cremos que ele será um instrumento importante para nos posicionarmos, tanto no âmbito do debate interno que ocorre na USP, quanto naquele que se desenrola na esfera nacional.