A luta pelas universidades públicas está na ordem do dia. Defender o aumento do repasse de recursos públicos para as universidades estaduais paulistas é urgente. Até o final deste semestre a Assembléia Legislativa (Alesp) votará a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, que definirá os valores a serem repassados para USP, Unesp e Unicamp e Centro Paula Souza (Ceeteps).

Tanto o Fórum das Seis, historicamente, como o próprio Conselho de Reitores (Cruesp) mais recentemente reivindicam que o atual repasse de 9,57% da Quota Parte do Estado do ICMS (ICMS-QPE) seja aumentado para, pelo menos, 10% do ICMS-QPE (9,99% no caso do Cruesp), e que seja calculado sobre o “total do produto”, isto é: sobre o total bruto de imposto arrecadado, para evitar os truques contábeis utilizados pelo governo estadual para reduzir o repasse.

Neste sentido, o deputado estadual Carlos Neder (PT), coordenador da Frente em Defesa das Universidades Públicas, convida estudantes, funcionárias e funcionários técnico-administrativos e docentes a participar da reunião aberta da frente que acontecerá na USP nesta terça feira, 26/6, às 17h30, na Sala de Vídeo do prédio da História, no Campus Butantã.