Aferição eletrônica sobre qual fórum deve conduzir a reforma do Estatuto foi aprovada e organizada pela Congregação da unidade

Como resposta à pergunta “Qual é o órgão que deve decidir sobre as alterações estatutárias no processo de reestruturação do Estatuto da Universidade de São Paulo previsto para 2015 e com discussões iniciadas em 2014?”, a resposta amplamente majoritária entre os estudantes de graduação, estudantes de pós-graduação, funcionários técnico-administrativos, docentes na ativa e docentes aposentados que participaram de consulta eletrônica organizada pela Congregação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP) e realizada no dia 8/4 apontou a seguinte opção, das três disponíveis: “um colegiado estatuinte”.

A maior participação na consulta em relação ao respectivo universo eleitoral foi dos docentes na ativa, com 206 votos (42,6% dos 484 docentes da unidade) assim distribuídos: colegiado estatuinte: 65,53%; assembleia universitária: 28,16%; conselho universitário: 5,83%; brancos e nulos: 0,49%.

A participação dos demais grupos foi proporcionalmente menor em relação aos respectivos universos eleitorais. Votaram 350 dos 9.069 estudantes de graduação; 117 dos 2.630 estudantes de pós-graduação; 62 dos 379 funcionários; e 8 docentes aposentados.

Surpreeende positivamente, no entanto, que os percentuais de votos atribuídos pelas demais categorias a cada uma das opções disponíveis na consulta foram muito semelhantes às alcançadas entre os docentes, o que revela coerência nos resultados obtidos.

Isso se torna evidente quando, ao considerar-se todas as categorias participantes da consulta, verifica-se que a opção pelo colegiado estatuinte recebeu entre 65,53% e 76,29%; a preferência pela assembleia universitária situou-se entre 19,35% e 28,16%; e a opção pelo conselho universitário variou entre 0,00% e 5,83% dos votos.

Os votantes também responderam a outra pergunta: “Concluído o processo de reestruturação do Estatuto, deve ser realizado um referendo on-line, com resultados discriminados por setor (professores, estudantes e funcionários), sobre as principais mudanças estatutárias realizadas?”Neste caso a escolha do “sim”também venceu por larga margem em todas as categorias. Os resultados completos estão disponíveis em http://fflch.usp.br/sites/fflch.usp.br/files/resultado_consulta_0.pdf