Arquivo de família
Denys Henrique, 16 anos

A Chefia do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP) enviou mensagem eletrônica aos seus estudantes e professores, no dia 2/12, no qual revela que um dos nove jovens mortos na violenta “operação” da Polícia Militar (PM) no bairro de Paraisópolis, na noite de 30/11, é irmão de um aluno do curso de Geografia. A nota deplora o ocorrido e pede apuração dos fatos.

“Caros alunos, caros docentes. É com imenso pesar que informamos a morte de Denys Henrique, 16 anos, irmão do nosso estudante Danylo Amilcar, na noite do último sábado, dia 30 de novembro, no episódio da violenta ação policial no baile em Paraisópolis, zona sul de São Paulo”, diz a mensagem. “O que deveria ser apenas diversão dos jovens de São Paulo se transformou em uma imensa tragédia, com a suspeita de ação abusiva da polícia, culminando com a morte de muitos inocentes, entre os quais a do irmão de nosso aluno. Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com a família, assim como nos juntamos a todos aqueles que clamam por uma apuração rigorosa dos motivos dessa tragédia”.

A ação da PM repercutiu no país e no exterior e vem gerando protestos. Vídeos divulgados na Internet mostram policiais militares disparando bombas contra os jovens, cortando as rotas de fuga e espancando pessoas. O presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), Dimitri Sales, qualifica o episódio como “massacre”.

Ao final, a Chefia do Departamento faz alusão a outra tragédia: a morte acidental, em 30/4/19, do aluno Filipe Varea Leme, quando trabalhava como estagiário na Escola Politécnica: “A Geografia está mais uma vez em luto!”.