“Na condição de professor titular da FFLCH e como ex-aluno da professora doutora Daisy Gogliano, da Faculdade de Direito desta universidade, venho manifestar minha indignação com a injustiça por ela sofrida no concurso de titularidade em que disputou vaga com o desembargador Nestor Duarte, também professor”.

Assim tem início moção de apoio àquela docente assinada pelo professor Eduardo de Almeida Navarro. As irregularidades no concurso a que ele se refere foram relatadas em reportagem do Informativo Adusp 397. “Daisy Gogliano é uma professora por vocação”, diz Navarro. Confira o texto completo da moção.

Informativo nº 400