PROGRESSÃO HORIZONTAL: MANIFESTAÇÃO DA ASSEMBLEIA

“A assembleia da ADUSP considera de fundamental importância que, até julho de 2013, quando da revisão da carreira docente em vigor, se construa uma discussão ampla e democrática sobre seus meca­nis­mos e concepções. Para isso, delibera pela realização de debates que possam analisar o ocorrido na primeira etapa da progressão horizontal, denunciar suas contradições e avaliar seus efeitos na vida acadêmica. A assembleia avalia tam­bém que a primeira etapa do pro­cesso pecou pela falta de transparência e entende que toda a documentação pertinente deve ser tornada pública. Por fim, enfatiza a sugestão de que documentos e recursos produzidos sejam divulgados.”

CONGRESSO DO ANDES-SN: delegação da Adusp

O Congresso será realizado de 4 a 9 de março de 2013, no Rio de Janeiro. A Adusp tem direito a 12 delegados, sendo um da diretoria e 11 de base. A Assembleia aprovou a indicação de 18 colegas, que deverão ser consultados acerca de sua disponibilidade para participar do Congresso, como delegado ou observador. Haverá reuniões preparatórias para o Congresso, abertas à participação dos associados. Abaixo, os nomes dos docentes indicados pela assembleia: Andrés Vercik (FZEA), Arsenio Sales Peres (FOB), Caio Gracco Pinheiro Dias (FDRP), César Antunes Freitas (FOB), César Augusto Minto (FE), Ciro Teixeira Correia (IGc), Demóstenes  F. S. Filho (Esalq), Elisabetta Santoro (FFLCH), Fabiana Severi (FDRP) Gustavo Assed Ferreira (FDRP), Helder Garmes (FFLCH), João Zanetic (IF), Kimi Tomizaki (FE), Lighia Matsushigue (IF), Marcelo Ventura Freire (EACH), Marie Claire Sekkel (IP), Rosângela Sarteschi (FFLCH), Sérgio Souto(FZEA).

COTAS

A assembleia da ADUSP deliberou realizar um conjunto de atividades, a partir do inicio de 2013, com o objetivo de construir parâmetros para a definição de políticas de cotas nas universidades públicas paulistas.