Não houve eleição de chapa em nenhuma categoria na votação para representação docente no Conselho Universitário (Co), realizada na terça-feira da semana passada (14/6).
 
Na quarta-feira (15/6), a Secretaria-Geral da USP divulgou comunicado informando que nenhuma chapa havia alcançado a maioria absoluta de votos para ser eleita, conforme prevê a Portaria GR 7.706/2022, alterada pela Portaria GR 7.714/2022.
 
Votação em segundo turno será realizada na quinta-feira da semana que vem (30/6), com as mesmas chapas que participaram do primeiro turno, “considerando-se eleita a que obtiver maioria simples”, ressalta a secretária-geral, professora Marina Gallottini.
 
Os resultados foram os seguintes — o primeiro nome de cada chapa é o(a) titular, e o segundo é suplente:
 
  • Na categoria professor(a) titular, a chapa formada por Marcílio Alves (EP) e Antônio Carlos dos Santos (FMRP) obteve 330 votos, e a chapa de João Francisco Justo Filho (EP) e Maisa de Souza Ribeiro (FEARP) alcançou 259 votos. Houve 52 votos nulos e 21 em branco.
  • Na categoria professor(a) associado(a), a chapa de Rodrigo Bissacot Proença (IME) e Filomena Elaine Paiva Assolini (FFCLRP) recebeu 689 votos, ao passo que a formada por Carla Roberta de Oliveira Carvalho (ICB) e Regilene Delazari dos Santos Oliveira (ICMC) obteve 443. Houve 97 votos nulos e 36 em branco.
  • Na categoria professor(a) doutor(a), a chapa formada por Daniel de Angelis Cordeiro (EACH) e Aline Martins de Carvalho (FSP) teve 462 votos, e a de Tessa Moura Lacerda (FFLCH) e Soraia Chung Saura (EEFE) recebeu 387. Houve 73 votos nulos e 25 em branco.
 
Não houve candidaturas para as categorias de assistente e auxiliar de ensino, ambas com reduzido contingente e consideradas quadros em extinção.
 
É talvez inédito o fato de duas das seis chapas inscritas serem compostas apenas por professoras. O principal colegiado da USP tem atualmente 165 membros, dos quais 113 são homens (68,48%) e 52 mulheres (31,52%). Na soma de titulares e suplentes são 223 membros, dos quais 148 homens (66,37%) e 75 mulheres (33,63%).

Conversa entre as chapas e a categoria será no auditório Abrahão de Moraes (IF)

A Diretoria da Adusp encaminhou correspondência às chapas que disputam a representação docente no Co, propondo a realização de uma conversa entre elas e a categoria na próxima terça-feira (28/6) à tarde. A reunião será presencial, no auditório Abrahão de Moraes do Instituto de Física (IF), porém será possível o acompanhamento a distância. As chapas apresentarão suas propostas e os(as) participantes presenciais e virtuais poderão encaminhar perguntas a serem respondidas durante a atividade. A seguir a mensagem encaminhada às chapas:
 
Prezada(o)s candidata(o)s a representantes das categorias docentes junto ao Conselho Universitário,
 
A Adusp tradicionalmente realiza uma conversa com candidatas e candidatos a representantes docentes no Conselho Universitário. Dado o conjunto de atividades do último período, não conseguimos realizar uma reunião antes do 1º turno, mas gostaríamos de realizar a atividade antes do 2º turno. Por isso, a diretoria da Adusp convida-a(o)s para uma reunião aberta a ser realizada no dia 28/6 (terça-feira) das 14 às 17h no auditório Abrahão de Moraes, no Instituto de Física. A reunião será presencial com acompanhamento remoto e será dividida em dois momentos: na primeira hora as seis chapas apresentam suas propostas num tempo de 10 minutos cada e, em seguida, abrimos para blocos de perguntas da plateia direcionadas às chapas.
 
Esperamos que todas e todos possam participar.
 
Cordialmente,
 
Diretoria da Adusp
 
Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.