No dia 27 de janeiro de 2021, a Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) se despediu da professora Cintia Bernardo Gonçalves. Aos 44 anos, a professora Cintia faleceu deixando um legado de quinze anos de contribuição efetiva à Universidade de São Paulo (USP). Mais que isso, sua personalidade alegre, sua gentileza e integridade cativaram a afeição dos colegas de trabalho.

Cintia Bernardo Gonçalves

Graduada em Engenharia de Alimentos pela Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 1999, iniciou o curso de doutorado na sequência, sendo a primeira bolsista de Doutorado Direto do Departamento de Engenharia de Alimentos da FEA. Obteve seu título de Doutora em Engenharia de Alimentos em 2004, sob orientação do professor Antonio José de Almeida Meirelles.

No ano de 2004, atuou como professora colaboradora do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos da FZEA. A partir de 2005, já concursada no Departamento de Engenharia de Alimentos da FZEA, iniciou sua missão de inspirar e motivar os alunos ingressantes dos cursos de graduação, ministrando as disciplinas “Introdução à Engenharia de Alimentos”, “Introdução à Redação Técnica”, “Fundamentos de Engenharia de Alimentos” e “Tópicos Especiais Sobre Óleos e Gorduras”. De 2009 em diante, atuou como orientadora plena do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos da FZEA.

“Nos últimos quinze anos, cerca de 2.000 alunos de graduação e pós-graduação tiveram a honra de conviver e aprender com a professora Cintia. Orientou inúmeros alunos de iniciação científica, cinco dissertações de mestrado e três teses de doutorado, sendo uma pesquisadora respeitada na área de Engenharia de Processos, com destaque para a determinação experimental e modelagem matemática de propriedades físicas de interesse para a indústria de óleos e gorduras”, como destaca texto em sua homenagem redigido pela professora Christianne Elisabete da Costa Rodrigues — sua colega no Departamento de Engenharia de Alimentos da FZEA — e que esta matéria do Informativo Adusp reproduz quase integralmente.

Atuou recentemente no Conselho do Departamento de Engenharia de Alimentos, Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Comissão contra Violência à Mulher, Comissão Coordenadora do Curso de Engenharia de Alimentos, sendo eleita suplente de coordenação do curso de graduação em Engenharia de Alimentos em 2020.

“Perdemos uma pessoa das mais gentis que já passaram por nossos corredores, das mais honestas que já tivemos o grande privilégio de conviver desde 2005. Perdemos nossa querida Cintia Bernardo”, registrou, no Jornal da USP (29/1), o artigo “Cintia Bernardo, dançarina de corpo e alma”, escrito por Vivian Lara dos Santos Silva e Samantha Cristina de Pinho, professoras da FZEA, em nome de todo o Departamento de Engenharia de Alimentos.

“Lembraremos por muito tempo porque será impossível esquecer um sorriso tão largo, tão amável e tão límpido. A Cintia Bernardo sorria de forma límpida… o que nem todos conseguem fazer de forma tão natural. Em seu grande coração cabiam muitos seres — humanos e caninos. Ela sempre nutriu uma grande paixão por seus alunos e pelos seus filhos caninos! E também pela dança — sim, pois a nossa Cíntia Bernardo era pé-de-valsa!”

A professora Cintia deixa o esposo, professor Rodrigo Rodrigues Petrus (também docente da FZEA), o filho Bernardo, a mãe Isold, dois irmãos, sobrinhos “e inúmeros amigos e admiradores de sua delicadeza, beleza, generosidade e vivacidade, os quais a guardarão para sempre em seus corações” — escreve, por sua vez, a professora Christianne ao arrematar seu texto.