foto: Daniel Garcia

O Diretório Central dos Estudantes da USP (DCE-Livre “Alexandre Vannucchi Leme”) realizou no dia 12/6 um ato em frente ao prédio da Superintendência de Assistência Social (SAS) para exigir a ampliação e adequação das políticas de permanência estudantil na universidade, que é um dos principais eixos da greve da categoria, deliberada em 5/6. Os alunos cobram mais ações da Reitoria principalmente por este ser o primeiro ano de vigência das cotas étnico-sociais na universidade. As principais medidas reivindicadas são o reajuste das bolsas, reforma do prédio do Conjunto Residencial (Crusp) e maior número de vagas de moradia, bem como moradia também nos campi do interior.

 

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.